Olá, fico feliz quando você vem aqui.

Desenvolvo este blog para que as colegas possam aproveitar as atividades aqui contidas na sua prática pedagógica diária. Muitas são de minha autoria, outras tantas retirei no Grupo Professores Solidários, Internet e de outras fontes.

Atualmente, aproveito ótimas atividades que colegas postam no grupo "Educando e Aprendendo" que fundei juntamente com Flávia Cárias e Sheila Mendes, para ser mais um veículo de comunicação para quem se dedica à importante Arte de Educar.

Se alguém encontrar algo que seja seu, deixe um recadinho que faço questão de lhe atribuir os devidos créditos.

Beijão da Tia Paula

segunda-feira, 9 de abril de 2012

A galinha assombrada

            Certa vez, uma galinha chocava sob um limoeiro frondoso. De repente, desprendeu-se do limoeiro um  limãozinho murcho que caiu-lhe mesmo em cima da crista.
            Espanto! Alarma!
            A galinha imaginou que aquilo poderia ser o fim do mundo e fugiu, correndo como louca.
            Encontrou o galo e comunicou-lhe:
            _Chefe amigo, o mundo vai acabar! Corramos!
            O galo tomou um choque brutal.
            _Vai acabar mesmo. Caiu uma bola do céu mo meu cocuruto...
   E, sem dar  tempo ao galo de refletir, a desmiolada arrastou-o numa correria louca, ouvindo-se angustiosos cocorocós. Encontraram o pato que grasnava feliz e descuidado.
            ­_Pato amigo, corramos, que o mundo vai acabar! Caiu uma bola do céu no cocuruto da galinha.
            O galo falou, o pato obedeceu e saiu aflito, acompanhando os dois.
            Mais adiante encontraram um pavão bonito, vaidoso, revirando-se, como príncipe da elegância.
            _Pavão amigo, corramos, que o mundo vai acabar! Caiu uma bola do céu no cocuruto da galinha.
            O pavão, esquecido de si mesmo, fugiu acompanhando os três, na carreira sem destino.
            Ao cabo de meia hora, toda a população de aves desfilava atrás da galinha maluca, que fugia do fim do mundo.
            Por fim encontraram a raposa.
            O galo contou-lhe aflito:
            _Caiu uma bola do céu no cocuruto da galinha e o mundo vai acabar.
            A raposa, esperta, fingiu nada ignorar e disse séria:
            _Amigos, eu já sabia disso. Também no meu cocuruto caiu uma bola do céu. Mas eu tenho uma casinha aqui perto, onde todos estarão fora de perigo. Venham.
            Inconscientes, as aves seguiram-na.
            A raposa, esperta, prendeu-as todas, e teve bons petiscos para vários dias...
            E o mundo acabou mesmo...

                                                                  (Nair Starling. Nossas Lendas. Livraria Francisco Alves)

Um comentário:

  1. Muito bons esses textos param interpretação!!!!
    Peguei alguns.

    ResponderExcluir