Olá, fico feliz quando você vem aqui.

Desenvolvo este blog para que as colegas possam aproveitar as atividades aqui contidas na sua prática pedagógica diária. Muitas são de minha autoria, outras tantas retirei no Grupo Professores Solidários, Internet e de outras fontes.

Atualmente, aproveito ótimas atividades que colegas postam no grupo "Educando e Aprendendo" que fundei juntamente com Flávia Cárias e Sheila Mendes, para ser mais um veículo de comunicação para quem se dedica à importante Arte de Educar.

Se alguém encontrar algo que seja seu, deixe um recadinho que faço questão de lhe atribuir os devidos créditos.

Beijão da Tia Paula

quinta-feira, 3 de março de 2011

Paragrafação - Sheila Fagundes

1º) Um menino com mania de cientista deixou um aviso preso na porta do seu quarto. 
Leia-o, e encontre os oito erros que o menino por distração acabou cometendo.
Depois reescreva o bilhete, fazendo as correções.

querida família,
mantenha distância do meu quarto – laboratório. estou trabalhando em experiências úteis à humanidade.
pense no privilégio de ter um gênio em casa, que logo entrará para a história, e não perturbe.
                                                                                            mauricio

Responda.

a) Para quem é o bilhete?
_______________________________________________________________________

b) Quem escreveu o bilhete?
_______________________________________________________________________

c) Qual o assunto do bilhete?
_______________________________________________________________________

d) Por que nesse bilhete não tem data?
_______________________________________________________________________

2º) Reescreva o texto em quatro parágrafos e coloque o título.

A Partida. Depois de instalado, o astronauta acionou a alavanca dos controles e, como num passe de mágica, tudo começou a funcionar. Acenderam-se as luzes, os painéis se iluminaram, o motor foi acionado e o radiotransmissor começou a emitir sinais. O astronauta ajustou os fones ao ouvido e disse que estava pronto e que lhe desejassem boa sorte. E, um minuto após, a nave não era mais que um pontinho luminoso, nos painéis de controle da Terra.


1º) Copie o texto, colocando o título e fazendo os parágrafos.

- Título
- 1º parágrafo : A chegada do pacote
- 2º parágrafo : Como era e a quem se destinava
- 3º parágrafo : Tentando saber sem abrir
- 4º parágrafo : Receio de saber
- 5º parágrafo : Decisão

A Surpresa. Não estava em casa quando o trouxeram. Era pequeno, embrulhado com papel-veludo e um cartãozinho escrito a máquina: para Serafina. Segurava o pacote, devia ser uma caixinha, sentia-lhe o peso, cheirava-o. Mas o pacote não dava nenhuma pista: nem som, nem cheiro, nem textura que deixasse adivinhar o conteúdo. E por que não abrir? Porque ali podia haver a realização de um sonho, como também ser apenas a expressão de uma brincadeira de mau gosto. De vez em quando, ela também não aprontava? Tinha de abrir. E seria agora. Um dois e ...



a) Continue o texto contando o que aconteceu depois: o que era o pacote, o que fez com ele, como a personagem ficou, etc.

b) Retire do texto:

- uma frase interrogativa:
_______________________________________________________________________

- uma frase negativa:
_______________________________________________________________________

2º) Empregue a letra maiúscula onde for necessário. Reescreva o texto em seu caderno fazendo as devidas correções:

o diário popular informou que ainda existem índios no estado de mato grosso e que o escritor das crianças monteiro lobato, nasceu na cidade de taubaté.

Um comentário: